Você já negociou o seu salário hoje?

A comunicação não-violenta pode ajudar a expor opiniões sem medo, criar diálogos efetivos e reivindicar reconhecimento frente a pessoas que pensam diferente  Stephanie Kim Abe/PrograMaria Você alguma vez já foi à mesa do(a) chefe pedir um aumento ou reivindicar um reconhecimento pelo bom trabalho que você faz? Já teve que lidar com colegas de trabalho Leia mais sobreVocê já negociou o seu salário hoje?[…]

créditos: estúdio voii/programaria

PrograMaria Summit aproxima mulheres desenvolvedoras a empresas de tecnologia

PrograMaria Summit aproxima mulheres desenvolvedoras a empresas de tecnologia Com palestras, mentorias e speed hiring, evento apoiou mulheres que trabalham no setor a gerenciarem suas carreiras Jayne Oliveira/PrograMaria No dia 07 de setembro, cerca de 300 mulheres participaram da segunda edição do PrograMaria Summit. Diferente da maioria das ações desenvolvidas pela PrograMaria – uma iniciativa Leia mais sobrePrograMaria Summit aproxima mulheres desenvolvedoras a empresas de tecnologia[…]

Mais representatividade e estímulo para aumentar a presença de mulheres na tecnologia

Ação #MaisMulheresNaTecnologia, em parceria com a Intel, marcou o mês das mulheres com diversas atividades Com o objetivo de contribuir para uma maior presença feminina nas áreas tecnológicas, a PrograMaria e a Intel promoveram a ação #MaisMulheresNaTecnologia, que trouxe uma série de atividades durante o mês de março, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Leia mais sobreMais representatividade e estímulo para aumentar a presença de mulheres na tecnologia[…]

Como seria se houvesse mais mulheres na tecnologia?

Por Zoe Kleinman. Originalmente publicado na BBC News. De robôs de gênero neutro a dispositivos de monitoramento de saúde que consideram o período menstrual, carros com mais capacidade de armazenamento e roupas com bolsos maiores – o mundo poderia ser um lugar muito diferente se mais mulheres trabalhassem na área de tecnologia. Nós perguntamos a Leia mais sobreComo seria se houvesse mais mulheres na tecnologia?[…]