Entrega de software: como a Donus mede a performance

Descubra quais indicadores ajudam a acompanhar o desempenho do desenvolvimento consistente de softwares

Ter rapidez e qualidade para atender demandas das pessoas usuárias é um ponto fundamental para a consolidação e crescimento de uma startups e, negócios digitais como são, isso significa depender de um desenvolvimento consistente de softwares. Mas como medir se a performance de entrega está adequada ou pode ser melhorada?

Lorena Mezes, Gerente de Engenharia na Donus, desvenda esta questão e seus desdobramentos nessa palestra. 

Primeiro, ela apresenta métricas utilizadas nas mensurações de performance: tempo para construção, frequência de entregas, percentual de falhas e tempo para se recuperar de uma falha. Lorena detalha cada uma delas, além de indicar qual o objetivo perseguido em cada item. Ela apresenta, ainda, os números da Donus referentes a estas métricas, explicando o contexto em que ocorreram.

Na sequência, Lorena destaca, a necessidade de, para além da mensuração, estabelecer formas de comparação para identificação clara se os resultados são positivos ou podem ser aprimorados, mostrando como a Donus faz isso. 

Para finalizar, ela completa o ciclo e explica as estratégias seguidas pela Donus para a melhora da performance de entrega de software. 

Acompanhe!


CRÉDITO:

Lorena Menezes, Gerente de Engenharia na Donus. Há 10 anos na jornada de desenvolvendo de software. É apaixonada por resolver problemas de negócio através de Tecnologia e por fazer isso de forma colaborativa! Redes sociais: https://www.linkedin.com/in/lorenaliramenezes/

REVISÃO:

Luciana Fleury, jornalista Formada em Jornalismo pela Cásper Líbero. Tem trabalhado com o desenvolvimento de projetos editoriais, produção de conteúdos e edições de textos. É mãe orgulhosa da Gabriela e coleciona globos de neve. Redes sociais: https://www.linkedin.com/in/luciana-fleury-1b024083/

 

Este conteúdo faz parte da Sprint PrograMaria powered by Z-Tech | Mulheres em Startups.