Caminhos de carreira: como é trabalhar em uma consultoria de tecnologia? - PrograMaria

O primeiro evento da Série de PrograMaria Encontros powered by Avanade foi todo sobre o trabalho em consultoria de tecnologia

Interessada em promover #MaisMulheresNaTecnologia, a Avanade promove a partir de agosto de 2020 uma série de 6 edições online do PrograMaria Encontros, trazendo profissionais para compartilhar seus conhecimentos com a nossa comunidade! 

Dando início à Série PrograMaria Encontros powered by Avanade, a primeira edição tratou sobre a falta de profissionais com qualificação na área de tecnologia que tem gerado um desafio grande para empresas do setor. Segundo dados da Brasscom, haverá um déficit de 290 mil profissionais até 2024! 

Confira aqui o evento na íntegra:

Os desafios de atrair, reter e desenvolver profissionais de tecnologia

Daniela Cabral, Diretora de RH na Avanade, falou sobre os principais desafios para conseguir atrair, reter e desenvolver profissionais de tecnologia, incluindo a falta de diversidade na área, e o que as empresas, como a Avanade, estão fazendo com relação a isso.

Daniela falou de três pilares fundamentais para as empresas combaterem esses desafios:

1. Tornar a empresa mais humana, inclusiva e que seja um espaço para inovação, mirando para uma cultura inclusiva, com estratégias e ações que foquem na equidade de gênero. 

Um ponto que Daniela chamou a atenção, que é muito importante sobretudo em tempos de pandemia, é o olhar das empresas sobre a saúde e o bem-estar das pessoas, sobre a compreensão das necessidades individuais e os novos modelos de trabalho.

2. fazer a experiência da/do profissional inesquecível: é importante que a empresa invista no compartilhamento de conhecimentos, em treinamentos e certificações, além de promover a inovação.

3. e por fim, cultivar o propósito da empresa, reforçando qual a missão e os valores, para que as pessoas que queiram trabalhar nesse lugar estejam alinhadas ao propósito.

Daniela encerrou sua participação falando um pouco mais sobre a Avanade, consultoria líder em soluções inovadoras de digital e nuvem, soluções de negócios e experiências que levam design aos nossos clientes, entregues por meio do poder das nossas pessoas e do ecossistema Microsoft.

“Como é e porque eu amo trabalhar em consultoria de tecnologia”

Em seguida, Cyntia De Labio, Gerente de Data e AI na Avanade, compartilhou sua trajetória e alguns detalhes sobre o dia a dia na consultoria de tecnologia.

Falou sobre o que são consultorias de tecnologia e como funcionam, além de quais são as carreiras em tecnologia, seus benefícios e oportunidades, como por exemplo o rápido ganho profissional, e a oportunidade de poder trabalhar em diversas áreas e indústrias, e diversos lugares geográficos.

Cyntia concluiu deixando um recado para as mulheres que querem se aventurar pela área de tecnologia: “não seja você o seu obstáculo, seja a sua oportunidade”.

Painel “Desafios e oportunidades de trabalhar em uma consultoria de tecnologia”

O último conteúdo do evento foi o painel com Cyntia De Labio (Gerente de Data e AI na Avanade), Jéssica Mizael dos Santos (Software Engineering na Avanade) e Camila Ferreira Ribeiro (Senior Software Engineering na Avanade), mediado por Iana Chan (Fundadora e CEO da PrograMaria).

Neste painel, as participantes falaram sobre as oportunidades e os desafios no dia a dia de consultorias de tecnologia, mencionando a organização do trabalho, a dinâmica com as empresas clientes, o perfil de profissional que elas buscam e as possibilidades de crescimento nessa área, além de abordar também dicas e orientações para a gestão da carreira na tecnologia.

Um ponto ressaltado foi a dinamicidade da área de tecnologia, que exige um constante desenvolvimento profissional. Dentre as as habilidades necessárias e também desenvolvidas por quem trabalha em consultoria, as participantes falaram sobre aprender a trabalhar em equipe, pois o ambiente de uma consultoria é um ambiente colaborativo, com a equipe do projeto, e também com clientes.

Outra habilidade importante mencionada foi a disposição a aprender. Para as mulheres, a Síndrome da Impostora é um fator que incrementa este desafio, limitando-as em suas crenças sobre si mesmas. Como destacou Camila, essa disposição a aprender é essencial para crescer e se destacar em ambientes dinâmicos, como consultorias de tecnologia.

As participantes encerraram dando algumas dicas para quem quer entrar nessa área de consultoria de tecnologia:

  • aproveite para fazer cursos e treinamentos (na internet você encontra uma ampla variedade de opções, inclusive gratuitas);
  • se sinta capaz de tomar desafios, e se proponha a eles;
  • se prepare para as entrevistas, enalteça seus pontos fortes;
  • cultive um aprendizado contínuo, de habilidades que você já tenha e outras novas, e trabalhe o autoconhecimento, a comunicação e inteligência emocional.

Interpretação de Libras foi feita por Mirian Caxilé.